Você sabia que ingerir peixes abaixa os triglicerídeos sanguíneos?

By 14 de agosto de 2017maio 4th, 2019Público Geral

Os triglicerídeos são moléculas de gordura que transitam na nossa circulação sanguínea e vêm de duas fontes: diretamente das gorduras “ruins” da alimentação ou são sintetizadas através dos carboidratos da alimentação. Uma taxa elevada de triglicerídeos geralmente está associada a uma alimentação rica em alimentos ultraprocessados ou a alguma condição clínica, como diabetes mellitus tipo 2. Essa taxa elevada aumenta o risco de doenças cardiovasculares, então é muito importante que ela seja controlada!

Os peixes são capazes de abaixar os triglicerídeos! Isso se deve à gordura “boa” presente neles, que é classificada como ômega-3. Essas gorduras são extremamente benéficas à saúde no geral, e um dos efeitos mais proeminentes na saúde é justamente o de baixar os triglicerídeos, prevenindo doenças coronarianas.

A orientação é que se ingira pelo menos 2 vezes na semana peixes gordurosos, que são fonte de ômega-3: sardinha, arenque, cavala, atum, truta, salmão e outros.

Outros alimentos também são fonte de ômega-3: alguns frutos do mar, castanhas, nozes, pistache, avelãs, amêndoas, linhaça, chia, etc.

Há também a opção de suplementação, mas esta só deve ser realizada sob supervisão do nutricionista e/ou do médico.

REFERÊNCIAS:
MANUELLI, M.; DELLA GUARDIA, L.; CENA, H. Enriching Diet with n-3 PUFAs to Help Prevent Cardiovascular Diseases in Healthy Adults: Results from Clinical Trials. International Journal of Molecular Sciences, v. 18, n. 7, p. 1552, 2017.
RANGEL-HUERTA, O. D.; GIL, A. Omega 3 fatty acids in cardiovascular disease risk factors: An updated systematic review of randomised clinical trials. Clinical Nutrition, 2017.