Será que é intolerância à lactose ou disbiose?

By 30 de maio de 2018maio 4th, 2019Nutrição com Evidência, Público Geral

Cada dia mais pessoas relatam desconforto ao ingerir laticínios. Mas ao passo que esse número aumenta, aumenta também nossos conhecimentos acerca da microbiota humana.

Hoje já se sabe, por exemplo, que as bactérias intestinais são cruciais para a digestão e metabolização de uma infinidade de moléculas e a lactose é uma delas!

Segundo He e colaboradores (2008), lactose é substrato para a síntese de ácidos graxos de cadeia curta pela microbiota, assim como as fibras. Esses ácidos graxos possuem diversas funções benéficas, sendo uma das principais a nutrição das células do intestino. Ou seja: diferente do que  blogueira diz, lactose pode ser benéfica.

O problema é que aqui no ocidente o padrão alimentar rico em ultraprocessados associado ao “pavor” de bactéria generalizado (abuso de antisepsia e de antibióticos) gera desequilíbrio das bactérias intestinais, que chamamos de disbiose. Na disbiose geralmente há má digestão da lactose.

Os mesmos autores apontam que a administração de simbióticos favorece a metabolização da lactose por reestabelecer a homeostase da microbiota.

Então antes de condenar a lactose, reveja sua alimentação! E acima de tudo: cuide bem do seu intestino!

REFERÊNCIA

HE, T. et al. The role of colonic metabolism in lactose intolerance. European journal of clinical investigation, v. 38, n. 8, p. 541-547, 2008.

Leave a Reply