POR QUE EU NÃO VIVO SEM MINHAS PLANILHAS DE ATENDIMENTO?

By 6 de novembro de 2019 maio 29th, 2020 Nutrição com Evidência

O atendimento nutricional é complexo: envolve uma anamnese extensa, investigando o histórico do paciente, questões relacionadas ao estresse, ao sono, às condições clínicas e demais questões relacionadas a saúde e estilo de vida. Avaliamos, ainda, exame físico, exames laboratoriais e composição corporal para fechar o diagnóstico nutricional.

Todas essas etapas são fundamentais para um diagnóstico nutricional preciso, e é com esse diagnóstico é que será possível fechar a conduta e fazer uma prescrição nutricional que tenha eficácia. O problema, contudo, é que todas essas etapas, e especialmente a prescrição, demandam bastante tempo, e é por isso que precisamos de alguma ferramenta que otimize nosso tempo.

Temos hoje essencialmente duas opções: softwares ou planilhas de excel. Os softwares são bem completos e podem ser bem úteis, mas as desvantagens é que são pagos, podem ter informações em excesso (que acabam atrapalhando) e são engessados – ou seja, não permitem a personalização. O excel, por outro lado, é mais democrático e flexível: além de gratuito, é você mesmo quem desenvolve sua própria planilha, permitindo que você insira informações e etapas que você julga importantes na sua consulta.

Aqui entra algo que considero fundamental para a prescrição dietética na hora da consulta: a sistematização do atendimento. Você precisa estruturar sua consulta determinando média de tempo para cada etapa, e o excel contribui para isso. Eu, por exemplo, tenho abas separadas para anamnese, história clínica, antropometria, exames laboratoriais, cálculo do gasto energético total e, por fim, prescrição dietética. Cada uma elaborada por mim, atendendo a minha forma de atendimento.

Um outro ponto que quero levantar sobre excel é ter planilhas com arsenal de segurança também. O que chamo de arsenal de segurança é um conjunto de materiais que você pode consultar e até passar para o paciente dependendo do caso. Você cria uma planilha com diversas abas, cada uma pode conter recomendações de conduta para doenças diversas, abas com orientações de higienização de alimentos, receitas, ferramentas de nutrição comportamental, protocolos, doses de suplementos, dentre outros. Se você tiver dúvida sobre algo durante a consulta, você rapidamente acessa essa planilha.

Sendo assim, espero que tenha gostado das dicas sobre excel. Mais informações sobre sistematização de atendimento e uso de excel você pode encontrar no curso de Atendimento Nutricional 3.0 . Nele eu disponibilizo as minhas planilhas de cálculo e atendimento e ensino o passo a passo para usá-las no atendimento e calcular a dieta na hora da consulta.

Leave a Reply