Skip to main content

BLW É SEMPRE A MELHOR OPÇÃO?

By 14 de outubro de 2020dezembro 21st, 2020Nutrição com Evidência

O momento da introdução alimentar é muito especial para os pais e para a criança. Ao mesmo tempo, é um momento delicado, com desafios e preocupações. Uma dessas preocupações costuma ser qual tipo de introdução alimentar ofertar, BLW ou convencional.

Quem me segue nas mídias sociais sabe que sou a favor sempre de desenvolver a independência do bebê, mas a introdução alimentar convencional também tem sua aplicação. E no dia a dia, qual escolher?

A Sociedade Brasileira de Pediatria lançou em 2017 um Guia Prático sobre alimentação complementar e o método BLW (Baby- Led Weaning), o mesmo destaca que esse método se popularizou devido a abordagem de individualidade no desenvolvimento neuropsicomotor de cada lactente. Porém, destaca que essa mesma abordagem comportamental, também deve ser trabalhada com a alimentação complementar com a colher, na forma tradicional. Ou seja, uma alimentação complementar, independente do método escolhido pelos pais, deve preconizar as habilidades natas, respeitando os sinais de fome e saciedade do bebê.

É importante destacar que o mesmo Guia enfatiza que não há evidências e trabalhos publicados suficientes para afirmar que o método BLW seja a ÚNICA forma correta de introdução alimentar. Nesse caso, famílias que não se habituam ou preferem seguir mais de uma abordagem de introdução alimentar com o seu bebê, devem ser incentivadas e apoiadas.

Ao comparar o método BLW com o método tradicional, um estudo publicado recentemente, após avaliar 565 bebês com idade entre 12 a 36 meses, categorizados em quatro grupos: introdução alimentar tradicional estrita, tradicional predominante, BLW estrita e BLW predominante apresentou que quase não houve diferença no comportamento alimentar das crianças, ou seja, embora algumas diferenças tenham se mostrado estatisticamente significativa, os tamanhos do efeitos dessas diferenças foram mínimos. Resultado que corrobora com o Guia citado acima.

Quer saber mais sobre a prática clínica de materno-infantil? Te convido para assistir um aulão sobre o tema clicando aqui.

Sociedade Brasileira de Pediatria. Guia prático de atualização: alimentação complementar e o método BLW (Baby-led Weaning), São Paulo: SBP; 2017.

Komninou S, Halford JCG, Harrold JA. Differences in parental feeding styles and practices and toddler eating behaviour across complementary feeding methods: Managing expectations through consideration of effect size. Appetite. 2019;137:198-206. doi:10.1016/j.appet.2019.03.001

Leave a Reply