PRECISO ME ESPECIALIZAR EM ALGUMA ÁREA ESPECÍFICA?

By 13 de novembro de 2019 novembro 19th, 2019 Nutrição com Evidência

Se especializar e aprofundar em uma especialidade clínica é excelente, pois aumenta a individualidade da sua prescrição. O primeiro passo para se especializar em alguma área da Nutrição Clínica é visualizar que tipo de paciente você quer atender. Quanto mais abrangente, menos referência você se torna. Defina minimamente se quer trabalhar com crianças, adolescentes, adultos ou idosos. Se adultos, mulheres gestantes? E dentro desse público, existe uma área da Clínica na qual você tem mais especialidade/afinidade? Há profissionais com excelentes resultados que atendem um nicho específico, como pacientes pós-bariátrica, pacientes da Nefrologia, da Oncologia e assim por diante. Mas saiba que se escolher uma área muito específica, cabe a você estudar e se especializar acima da média para corresponder a isso. Não é uma necessidade escolher uma área da Clínica, mas pode ser um diferencial.

Se você tem dúvidas de como definir o seu nicho, com quem você quer trabalhar e como elaborar a sua rede de contatos, aqui vão algumas dicas:

  1.  Analise sua formação: Você possui especialização? Em que área tem mais experiência? Caso não tenha nem especialização e nem experiência, com o que você quer trabalhar?
  2.  Analise suas afinidades: Que área mais te desperta interesse? Qual tipo de público você se sente mais preparado e confiante em atender?
  3. Analise qual o perfil do público que reside nas redondezas do seu consultório: Qual a faixa etária média? Qual o percentual de homens e mulheres? Há muitos idosos? É um bairro residencial com muitas crianças ou é um bairro comercial com muitas mulheres na faixa dos 40 anos?

Mesmo que você seja recém-formado, sem experiência ou consultório fixo, estabeleça com que público você quer trabalhar.

Estabelecendo seu nicho, considero fundamental você criar uma estratégia para conseguir olhar para o seu paciente além da alimentação, além das receitas. Sabemos que existem muitos fatores que influenciam o bem-estar e a saúde. É importante avaliar em consulta. Faça o paciente compreender como esses fatores impactam na alimentação e oriente as estratégias para controle.

Vamos a um exemplo: Queixas comuns no consultório são o estresse, a correria do dia-a-dia, noites mal dormidas… a sua conduta é passar um “modulador de hormônio” ou um fitoterápico? Ou um alimento para melhorar o sono? Na ótica da Medicina do Estilo de Vida, essas estratégias são apenas complementares. São a cereja do bolo apenas. Isso porque o que precisa ser feito é avaliar integralmente esse paciente e ajudá-lo a ajustar a rotina. Para isso, você precisa necessariamente conhecer todos os domínios relacionados ao bem-estar. A utilização de suplementos e fitoterápicos só tem efetividade caso a base esteja bem fortalecida: medidas de higiene do sono, manejo do estresse e ajustes na alimentação.

Com o nicho estabelecido, prepare vários materiais educativos. Considero fundamental o nutricionista montar o seu próprio “arsenal de segurança”. Esse arsenal pode ser composto de cartilhas, lista de orientações práticas, seleção de rótulos alimentares, tudo que favoreça o seu atendimento nutricional. Apesar de tudo isso que mencionei, nem sempre é possível esse aprofundamento devido aos custos e ao tempo empregados nisso. Há o caso dos recém-formados também. Então o que fazer?

Acontece que a base de todas as especialidades é a mesma: Nutrição Clínica. Claro, cada área tem sua especificidade. Mas a base é a mesma. Você deve dominar a avaliação nutricional, para fechar um diagnóstico nutricional preciso e, assim, nortear sua conduta.

Deve dominar também a bioquímica dos nutrientes e a fisiologia, pois quando se deparar com alguma doença ou condição clínica que não conheça, ficará mais fácil de compreendê-la do ponto de vista nutricional. O importante é começar e estudar por conta própria em livros didáticos e artigos científicos. Ser nutricionista é se comprometer a estudar e se atualizar por toda a carreira!

Se você quer se atualizar com o que há de mais avançado e eficaz na Nutrição Clínica, te convido a conhecer o NBE Academy, meu programa de atualização em que você tem acesso a cursos exclusivos, materiais e ferramentas de aplicação clínica imediata, além de uma interação direta comigo e com minha equipe!

Leave a Reply