DIETA BASEADA EM VEGETAIS – PLANT BASED DIET NO DIA A DIA

By 10 de julho de 2019julho 29th, 2019Nutrição com Evidência

A “dieta plant-based” é um conceito que vem emergindo nos últimos anos na ciência. É um tipo de padrão alimentar que vem sendo recomendado por várias diretrizes como um tipo de alimentação capaz de promover saúde e qualidade de vida. O consenso de manejo do diabetes mellitus tipo 2, da American AssociationofClinicalEndocrinologists em conjunto com o American CollegeofEndocrinology, publicado em 2019, preconiza que TODOS os pacientes com diabetes tipo 2 devem seguir plant-based diet. Segundo o consenso, esse padrão alimentar é o mais adequado para atingir e manter o peso ideal para cada um, o que favorece o controle da glicemia e evita complicações micro e macrovasculares (EndocrPract. 2019 Jan;25(1):69-100).

Quanto à obesidade e ao sobrepeso, as dietas plant-based se mostram muito eficazes não só na perda de peso, como também na manutenção do peso perdido, tanto em estudos observacionais quanto em ensaios clínicos randomizados. Além de colaborarem no peso, contribuem para a prevenção de doenças crônicas não-transmissíveis (J GeriatrCardiol. 2017 May;14(5):369-374). Devemos lembrar que todas as diretrizes e recomendações sobre excesso de peso pregam que o melhor padrão dietético para perder peso é aquele que o paciente consegue aderir – ou seja, cada paciente vai se adaptar melhor a um tipo de dieta diferente (MedClin North Am. 2018 Jan;102(1):49-63).

Mas a plant-based diet vem mostrando que gera alta adesão! Então é uma escolha que deve ser priorizada. Então como adotar no dia-a-dia? É bem simples. Basta priorizar alimentos de origem vegetal na forma mais próxima do encontrado na natureza possível – ou seja, integrais, não-processados. A plant-based diet é baseada em grãos integrais, leguminosas, oleaginosas, sementes, frutas, hortaliças e tubérculos, enquanto a ingestão de alimentos de origem animal é mínima ou inexistente. Importante não confundir plant-based com dietas vegetarianas ou veganas: quem adota plant-based pode ou não ingerir proteína animal, e se ingerir, optar por peixes, aves, laticínios e ovos. Por outro lado, uma pessoa vegetariana ou vegana pode ter a alimentação rica em batata frita, doces veganos, macarrão, “junk food” sem proteína animal, etc.

Na Formação em Emagrecimento e Saúde , o planted based é explorado juntamente com as dietas veganas e o vegetarianismo. Se você quer saber mais sobre esse curso é so acessar aqui.

 

Plant-based pode (e deve) ser adotada por todos, independente se for onívoro ou vegetariana/vegano, ok?

Leave a Reply