COMER DEVAGAR DIMINUI O RISCO DE OBESIDADE

By 2 de junho de 2021junho 15th, 2021Nutrição com Evidência

Você sabia que comer rápido pode engordar? Conheça 4 dicas para começar a mudar esse hábito.  

Estudos recentes têm reportado que o excesso de ganho de peso e a síndrome metabólica são afetados pelo consumo de calorias e outros fatores, como a velocidade do comer, a frequência de refeições e outros comportamentos relacionados ao estilo de vida.

Um deles, o estudo Effects of changes in eating speed on obesity in patients with diabetes: a secondary analysis of longitudinal health check-up data (Efeitos da mudança na velocidade de alimentação sobre a obesidade em pacientes com diabetes: uma análise secundária de dados longitudinais de check-up de saúde), publicado em 2018 na BMJ Open, analisou os efeitos da velocidade do comer e outros hábitos na obesidade, em pacientes com diabetes tipo 2. Essa pesquisa utilizou dados de 59.717 indivíduos.

Os principais resultados indicaram que comer em uma menor velocidade pode levar ao emagrecimento e menor circunferência da cintura. Esse artigo mostrou que, comparado com aqueles que comiam mais rapidamente, os que comiam em velocidade “normal” e os que comiam lentamente tiveram reduções na circunferência da cintura de 0,21cm e 0,41cm, respectivamente. Isso é bastante importante, levando em consideração que o excesso de gordura abdominal traz riscos para a saúde

Dessa forma, comer de forma mais lenta pode ser um possível meio de regular o peso corporal e prevenir a obesidade, o que reduz o risco de desenvolvimento de doenças crônicas. Comer rápido demais está associado a menor tolerância à glicose e resistência à insulina, o que é um fator de risco para diabetes.

Uma possível explicação para isso é que quem come mais rápido, pode continuar comendo até sentir um desconforto abdominal, ao invés de cessar a refeição assim que terminar de consumir uma quantidade adequada de alimentos, pois não há tempo para a sinalização fisiológica de saciedade. Dessa forma, o efeito combinado de comer rápido e comer demais contribui para o ganho de peso.

De forma contrária, comer devagar pode ajudar a aumentar a sensação de saciedade antes que uma quantidade excessiva de comida seja ingerida. Assim, uma redução na velocidade do comer pode suprimir o ganho de peso e prevenir a obesidade.

Isso nos remete ao Mindful Eating, que é o ato de realizar refeições com atenção plena. Dentro do treinamento em Mindfulness, uma das práticas usadas é da “Uva Passa”, que consiste em comer uma uva passa com o máximo de atenção e saboreá-la lentamente.

Uma revisão publicada na Nutrition Research Reviews em 2017, mostrou que as abordagens baseadas no Mindful Eating (Comer com atenção plena) parecem eficazes para lidar com a compulsão alimentar, o comer emocional e a alimentação em resposta a estímulos externos. Dessa forma, abordagens baseadas na atenção plena podem prevenir o ganho de peso.

Então que tal praticar o Mindful Eating na sua vida? Separei 4 dicas para te ajudar a começar a praticar:

  • Comece deixando o celular e a televisão de lado enquanto se alimenta; 
  • Sente-se à mesa;
  • Preste atenção nas cores do prato e na textura de cada garfada;
  • Mantenha o foco naquela refeição.

Como a ciência mostra, é uma técnica bastante efetiva para combater compulsão alimentar e demais comportamentos inadequados!

 Gostou do texto? Compartilha com aquele amigo que come rápido demais.

 Referências:

Hurst, Y., & Fukuda, H. (2018). Effects of changes in eating speed on obesity in patients with diabetes: a secondary analysis of longitudinal health check-up data. BMJ Open, 8(1), e019589. doi:10.1136/bmjopen-2017-019589 

 Warren, J. M., Smith, N., & Ashwell, M. (2017). A structured literature review on the role of mindfulness, mindful eating and intuitive eating in changing eating behaviours: effectiveness and associated potential mechanisms. Nutrition Research Reviews, 30(02), 272–283. doi:10.1017/s0954422417000154

Leave a Reply